manutenção elétrica preventiva
10 set 2019

Você sabe o que é a manutenção elétrica preventiva?

As instalações elétricas não recebem muita atenção, uma vez que, em geral, não ficam expostas. Elas são analisadas apenas quando apresentam algum problema ou por pessoas que conhecem a importância de realizar manutenção elétrica preventiva.

Contudo, infelizmente, esse segundo grupo de pessoas ainda é muito pequeno e o resultado mais comum são choques, acidentes, curtos-circuitos, incêndios e até mesmo a morte. Quer entender a importância desse tipo de manutenção, seus benefícios e impactos? Então, continue a leitura!

O que é manutenção elétrica preventiva?

A manutenção elétrica preventiva é uma intervenção periódica e planejada em que profissionais realizam uma inspeção generalizada na rede elétrica. Durante essa inspeção, qualquer tipo de ajuste que for necessário é realizado.

Por isso, a manutenção é imprescindível em empresas, pois tem como principal objetivo reduzir probabilidades de falha nas instalações e sistemas de energia elétrica. Assim, evita-se acidentes como incêndios, choques, paradas inesperadas e danos decorrentes do mau funcionamento dos maquinários, equipamentos e demais instalações.

Quais os indícios de que as instalações elétricas estão inadequadas?

As descargas elétricas, choques, curtos-circuitos, incêndios e demais acidentes elétricos ocorrem muitas vezes, por causa das instalações serem antigas, elas foram projetadas para suportar um menor número de equipamentos elétricos do que a quantidade que atualmente é usada.

Hoje em dia, uma edificação apresenta diversos equipamentos e os usuários costumam ter no mínimo um computador e um celular. Com isso, as extensões e benjamins são frequentemente espalhados pelos ambientes.

Essa realidade está presente em todos os tipos de edificações, porém, em edifícios comerciais e industriais requer ainda mais atenção. Afinal, se os ambientes e o local como um todo apresentam diversas extensões e benjamins é um sinal de que a demanda real está superior à demanda inicialmente projetada.

Além disso, o aquecimento de tomadas, fios e equipamentos, assim como a interrupção do funcionamento, queima de fusíveis e disjuntores desarmando, são indícios de que é necessária uma revisão da instalação elétrica.

É importante destacar que essa situação, além de proporcionar diversos riscos, repercute no aumento da conta de luz. Para mudar essa situação, o ideal é a revisão periódica das instalações e equipamentos, e isso pode ser feito por meio da manutenção elétrica preventiva.

Quais os cuidados que uma empresa precisa ter com as instalações elétricas?

Como se vê, os riscos de instalações elétricas inadequadas são muito grandes, tanto para a segurança quanto para a saúde dos usuários dessas edificações. Porém, além disso, as inadequações podem gerar diversos prejuízos financeiros, tanto com indenizações e multas como também danificar equipamentos, maquinários, computadores e, até mesmo, incêndios e demais situações.

Como a manutenção elétrica preventiva tem o objetivo de reduzir as possibilidades de falhas no sistema elétrico, é muito importante que as empresas definam a periodicidade com que essas revisões serão feitas, para que a maioria das intervenções seja preventiva e não corretiva. Contudo, muitas empresas só dão a devida importância após a ocorrência de falhas, não evitando prejuízos e até acidentes graves.

A forma mais eficaz de implementar um programa de manutenção preventiva é agendar as inspeções de rotina e processos como diagnóstico de equipamentos e maquinários. Assim, é possível garantir que os sistemas elétricos estejam constantemente avaliados e controlados por meio da detecção precoce de problemas, evitando que sejam necessárias intervenções, substituições ou reposições caras no futuro.

Muitas empresas trabalham de forma que a parada de maquinários e equipamentos representa um prejuízo que pode levá-las até à falência. Portanto, nesses casos, a manutenção preventiva e periódica é ainda mais essencial, possibilitando que não ocorram interrupções inesperadas na produção.

Quais os impactos da manutenção elétrica preventiva?

Redução de custos e consumo de energia

As manutenções elétricas preventivas proporcionam melhorias nas instalações elétricas, maquinários e equipamentos. Com isso, alguns problemas são evitados, gerando maior economia. Contudo, além disso, um grande benefício é a redução do consumo de energia, pois instalações bem projetadas são mais econômicas.

Outro fator relevante na redução de custos é que, por meio da prevenção, obtém-se maior confiabilidade tanto na instalação quanto nos equipamentos, e não há interferências na produtividade planejada, pois a chance de interrupções na produção, ocasionadas por falhas e problemas, é reduzida de forma significativa.

Aumento da vida útil dos equipamentos

A manutenção elétrica preventiva permite que correções, reposições e demais procedimentos sejam realizados com antecedência, antes que os problemas venham de fato a existir e paradas sejam ocasionadas ou necessárias. A substituição de peças ou instalações — antes que danos em outras peças ou no equipamento sejam provocados — contribui significativamente para o aumento da vida útil dos equipamentos.

Maior segurança

Quando a manutenção é periódica e está em dia, é possível reduzir risco de choques, curto-circuito em equipamentos, incêndios nas instalações, sobreaquecimento, entre outros acidentes. Consequentemente, o ambiente de trabalho é mais seguro aos colaboradores — uma vez que não estarão expostos a diversos riscos como os citados.

Somado à segurança dos colaboradores, está a elevação da segurança patrimonial, pois a redução desses riscos evita a destruição do local de trabalho e demais prejuízos financeiros que possam ser ocasionados.

Qual a importância de investir em um padrão homologado e aprovado pelas concessionárias?

Grande parte das edificações foi construída há muito tempo e, por isso, o padrão utilizado é antigo, podendo conter fiações e proteções expostas, e até mesmo ainda ser o padrão de madeira.

O novo padrão homologado é totalmente blindado e feito em chapa galvanizada, sendo capaz de evitar riscos de descargas por meio do contato elétrico e de propagação de fogo — reduzindo consideravelmente o perigo de formação de incêndios. Além disso, esse padrão reduz o desperdício de energia elétrica, uma vez que fugas são evitadas.

Evita descargas e incêndios e reduz riscos à saúde dos trabalhadores, usuários e moradores

As descargas e curtos-circuitos podem gerar diversas consequências, que incluem incêndio e pane elétrica em toda a edificação. Esses acidentes podem resultar em prejuízos financeiros, comprometer a saúde dos usuários e/ou trabalhadores ou até mesmo levar à morte.

É importante salientar que a melhor forma de ampliar a economia e segurança é por meio da prevenção. Portanto, a manutenção elétrica preventiva é imprescindível em todas as edificações, porém, é ainda mais importante em empresas, pelo custo que as paradas de equipamentos podem ocasionar, pela segurança patrimonial e, principalmente, pela segurança dos colaboradores.

Gostou de saber mais sobre manutenção elétrica preventiva? Então, aproveite a visita ao blog e conheça a importância da Telemetria na gestão de prédios corporativos.

7 Comments

  1. Bestfood youcan try , is Beans ! https://japook.com

  2. This blog was… how do you say it? Relevant!! Finally I’ve found something that helped me. Many thanks!|

  3. Technology is way more impresive then before !

  4. Love boats and all around them !

  5. Best horse rid you can have here ! https://japook.com

  6. Love sand and sand clock !

leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.